Um novo (novo?) tipo de liderança

Em meu último post, falei um pouco sobre mudanças organizacionais e de como algumas empresas vêm percebendo a necessidade por mudanças nas atitudes, tanto dos dirigentes quanto dos funcionários.

A esse novo tipo de lidarança a imprensa especializada vêm chamando de “liderança sustentável“. E não é somente pela expressão “sustentável” estar muito em voga.

Analisando as necessidades das empresas, ter uma liderança que se sustente por muito tempo ou mesmo entre diferentes “times” (usando o jargão de Scrum), é realmente uma vantagem enorme.

Estas empresas que procuram este novo tipo de liderança não procuram somente “o retorno que o líder pode trazer a curto prazo“. Elas estão mais preocupadas na sustentabilidade da empresa, mesmo que o lucro não seja o maior possível. Este foi um ponto positivo que a crise econômica trouxe — as empresas realmente estão repensando sobre o que é importante ao invés de somente lucro imediato.

Como ScrumMaster (e até antes disso) sempre achei importante a capacitação dos funcionários. Afinal, não basta simplesmente dizer a uma pessoa o que ela deve fazer — é preciso realmente investir nos funcionários e colaboradores, uma vez que eles nos ajudarão a levar a empresa à frente. E mais ainda, eles podem nos ajudar a sempre melhorar nossos processos, uma vez que são eles que vivenciam isso todos os dias (quem leu “Toyota Talent” vai entender).

Quem sabe a partir de agora, pessoas que realmente tenham algo a oferecer às empresas tenham um pouco mais de chances de provar seu valor.

E que venham as pedras.

emiyasaki

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *