Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Introdução

Sabemos que a automação de teste em um contexto ágil é obrigatória, independente se esta ação será feita por uma pessoa focada (testador) ou pelos membros do time. O importante é saber como podemos planejar a automação em cada pequena fase que temos.

A seguir veremos como é a big Picture dos Níveis de Detalhe para o Planejamento e, na sequência, como podemos nos planejar para o Nível de Release.

 

Níveis de Detalhe (precisão) para o Planejamento

Há quatro níveis que podemos facilmente identificar quando focamos no planejamento da automação de teste em projetos ágeis:

  • Nível de Release: Visão do todo e planejamento em alto nível sobre automação
  • Nível de Feature: Visão de uma funcionalidade e planejamento específico
  • Nível de Story: Visão macro do que será feito frente a o planejamento
  • Nível de Tarefas: Visão micro e aplicação prática de todo o planejamento

automação de testes

Planejamento em Nível de Release

No planejamento de um release o time já tem uma ideia da visão do produto. Como é uma visão nós podemos fazer um planejamento em alto nível. Neste momento devemos também pensar no todo, principalmente no que podemos aplicar de novas práticas, ferramentas, necessidades de ambiente e aplicação de algumas técnicas de teste.

Ao final do release é necessário ter todos estes pontos já desenvolvidos e desempenhados, logo o planejamento em termos de automação no release foca mais em aspectos que possam mudar ou impactar o planejamento como vem sendo feito.

Quando a release inclui um produto com novas tecnologias é necessário separar um tempo para experimentos, aplicações e aprender sobre possíveis problemas de design. Também é necessário levantar todos os riscos necessários

02_nivel_release

Em resumo, no Nível de Release:

  • O Time já tem uma boa visão do todo
  • É o melhor momento de pensar em:
    • Ferramentas
    • Ambiente
    • Práticas/Técnicas de Teste (Performance, Segurança, etc…)
  • Quando há novas tecnologias é necessário:
    • Fazer experimentos
    • Levantar possíveis problemas de design
    • Riscos

Elias Nogueira

Agile Coach Associado Adaptworks Treinamentos.

Leave a Reply

Close Menu